Comunidade Rainha da Paz

rainhapaz

Comunidade Rainha da Paz

Memória – Início

A Paróquia São João Batista sediada no Bairro Segismundo Pereira abrangia também os Bairros: Santa Luzia, São Jorge, Viviane, Laranjeiras, Paineiras e demais Bairros e Zona Rural adjacentes.

O Pároco da época, o Padre Genésio Donati Prado em 1994 deu início aos trabalhos para a aquisição dos terrenos para as Comunidades: Santo Expedido Bairro São Jorge; São Francisco Bairro São Gabriel; Padre Anchieta – Bairro Regina; Nossa Senhora de Guadalupe – Bairro Laranjeiras; Imaculado Coração de Maria – Bairro Granada; São Francisco e Santa Clara – Bairro Aurora; Rainha da Paz – Bairro  Laranjeiras.

Também em 1994 deu-se e inicio ao processo de criação da Paróquia Nossa Senhora do Carmo, e nesse período foi empossado pelo Bispo Dom José Alberto Moura, o Padre Olezil Bezerra de Vasconcelos o primeiro Pároco da quase Paróquia Nossa Senhora do Carmo que é a Padroeira de Uberlândia com sede Rua Célio Pontes, Bairro São Jorge.

O Padre Olezil deu continuidade aos trabalhos de seu antecessor, e incentivou a Catequese e Formação de Ministros Extraordinário da Palavra, da Eucaristia e Batismo. As comunidades sob sua responsabilidade foram envolvidas e como isso o povo sentiu propulsor na construção não só da Igreja templo mais e principalmente da Igreja Povo.

Houve então no ano de 1995 uma efervescência na fé das    pessoas       que se manifestou nos trabalhos iniciais de construções da  Igreja dentro dos lares de todas as Comunidades da Paróquia Nossa Senhora do Carmo e o incansável Padre Olezil visitava todas as Comunidades e casas dos paroquianos Celebrando Missas e rezando o terço.

Em todos os Bairros escolheu-se casas de fiéis para a Celebração das Missas, Celebração da Palavra que aconteciam todos os domingos e quartas feiras em todas as Comunidades, nos trabalhos auxiliavam os Ministros (as) Extraordinários.

Nesse clima inicia-se o processo de construção da Comunidade Rainha da Paz cuja padroeira foi eleita pelas pessoas da Comunidade junto com o Pe. Olezil

No Bairro Laranjeiras, a exemplo de outras Comunidades, a casa do então Ministro Extraordinário da Eucaristia e da Palavra, Tubertino Martins de Meira, na Rua Líbia, 65 Bairro Laranjeiras, Uberlândia-MG, foi escolhida pelos fiéis e pelo Padre Olezil para sediar as Celebrações das Missas e também as Celebrações da Palavra que aconteceram regularmente sem falta, duas vezes por semana.

Na casa referida, aconteceu também o primeiro Terço com razoável número de participantes, e isto se repetiu muitas vezes. A reza do Terço, três vezes por semana, passou a ser itinerante, cada dia na casa de um dos irmãos na fé, a ponto de o Terço alastrar-se e vários grupos foram criados na nossa Comunidade e persistem.

Por fim no período de 1995/1996 sob o comando do Pároco Padre Olezil, foi adquirido definitivamente os terrenos para as Comunidades acima citadas, com a Rainha da Paz não foi diferente.

Desde inicio das atividades para a Construção da Igreja; em primeiro lugar tínhamos preocupação da necessidade de consolidar a Igreja povo, e lá no fundo do coração de cada participante abrir a porta para Deus e a Igreja. Após estaríamos aptos à construção da Igreja Templo para acolher os fiéis.

Então os Ministros Extraordinário da Eucaristia e da Palavra, dentre eles  José Santana, Dona Emília Santana, Dona Coraci Oliveira, Euvanete Vieira Alves,  Ildete de Oliveira Alves, Maria do Céu,  Ronaldo Pires,   Fernando Pires Lopes, Altamiro Dornelas Castro,  Tarcísio,  Donizete o Diácono,  Sr. Pedro o Professor e  Tubertino Martins de Meira, Trabalharam unidos auxiliando uns aos outros para as construções de suas Comunidades.

Aqui na Rainha da Paz tivemos o M.E.E. Tubertino e depois junto o Fernando. Concretizado a doação dos terrenos, o Padre Olezil auxiliado pelo Ministro da Eucaristia comprou as telas e postes de cimento e mandou cercar todos os terrenos das Comunidades acima citadas e deu início a construção de todas elas.

Em particular sobre a Rainha da Paz cujas provas documentais atestam. Consta que no terreno situado entre a Rua Egito e Rua Líbia no Bairro Laranjeiras, destinado à Rainha da Paz, Padre Olezil construiu um abrigo muito simples  com materiais doados pela Comunidade onde esta veio a se reunir. Importante frisar que fomos auxiliados pelo povo do lugar e pelos paroquianos de Nossa Senhora do Carmo. Inclusive o Padre Olezil nos presenteou com um altar constituído de uma mesa de pedra ardósia verde e todos os paramentos.

Aqui além das Missas, tínhamos a Celebração da Palavra, Equipe de Liturgia, Terços, Curso de Preparação para o Batismo, Catequese, Festa Junina e da Padroeira, bem como outros eventos para angariar fundos para a construção da Igreja enfim a Comunidade assistia uma intensa atividade.

Um dia, o Padre Olezil recepcionou Padre James Dalalasta e Seminaristas, era chegada dos Cavanis aqui em Uberlândia. Graças a Deus tive a honra de junto com o  Pe. Olezil recepcionar  Padre James e os Seminaristas que visitaram  a minha casa e dali nós os levamos até ao lugar onde ficaram alojados.

Foi uma grande festa que durou dias e tivemos Celebrações de muitas Missas, e Celebrações da Palavra em todas as Comunidades que hoje formam a Paróquia Nossa Senhora de Guadalupe.

O Padre James e Seminaristas juntos ou separados visitaram as casas de todos ou de quase todos os moradores do local que constitui hoje a Paróquia, inclusive casas de pessoas que professavam outras religiões e crenças.

Alguns dias após a partida de Padre James para o Paraná decidiu-se que a nossa quase Paroquia Nossa Senhora de Guadalupe seria adotada pela Congregação Cavanis, e assim aconteceu.

Então veio para junto de nós o Padre Edoardo Ferrari que aqui trabalhou incansavelmente para a realização de um grande sonho do povo de Deus. Quando aqui chegou deu inicio a uma intensa ação construtiva da Igreja Templo sem deixar de lado a Igreja Povo, assim iniciamos o caminho dentro de qualidades e carismas cavanis.

Sob a Coordenação do Padre Edoardo Ferrari a quase Paróquia foi elevada pelo então Bispo Diocesano Dom José Alberto Moura no dia 07/03/1998 recebendo o nome Paróquia de Nossa Senhora de Guadalupe.

Tivemos com o Padre Edoardo uma longa caminhada na construção das capelas da comunidades e na catequese, uma evolução muito grade com apoio de vários Seminaristas entre os quais citamos Adir, Edimo Lopes, Manoel Rosalino, Sandro, Daniel, Aylson Bessa este último deu inicio no projeto que fundou o Cento Educacional Cristina Cavanis que hoje funciona na sede da Paróquia, e teve ainda muitos outros seminaristas que ajudaram.

Não poderia esquecer-se do Irmão Anderson Clayton que foi um grande incentivador companheiro e amigo de todos que a ele recorreram.

Na segunda quinzena de Novembro creio que no dia 15/11/99 a Paróquia Nossa Senhora de Guadalupe fez uma Romaria para o Santuário Nacional de Aparecida, onde ocorreu uma comemoração de aniversário da Congregação Cavanis no Brasil. E nós da Rainha da Paz juntamente com Irmão. Anderson Clayton fomos os responsáveis pela organização da caravana para Aparecida.

Terminado o seu tempo (06 anos) Padre Edoardo Ferrari foi para BH e no seu lugar Assumiu o Padre Edimo Lopes  que ficou próximo 01 ano quando Saiu, Assumiu o Padre Manoel Rosalino Pereira Rosa e aqui permaneceu (01ano 6 meses) e por fim foi nomeado Atual Pároco o Padre Milton Cezar Freo Tubias.

A Comunidade Rainha da Paz foi primeira a terminar sua capela situada Rua Egito 203, onde tem Missa todos os Domingos e Terças Feiras.

Quando terminei de escrever este texto foi que pude perceber que tinha recebido a honra de ser o primeiro serviçal que capinava e cuidava do terreno, depois o primeiro servente de pedreiro para a construção do abrigo construído em mutirão que deu lugar à Capela; primeiro Catequista e o primeiro Ministro Extraordinário da Eucaristia.

Tantas bênçãos só posso agradecer a Deus e Nossa Senhora Rainha da Paz. Emocionado confesso que quando percebi isso, meus olhos se encheram de lágrimas, porque não me vejo capaz, nem qualificado e nem merecedor; e Deus foi tão misericordioso e apesar de grande pecador tanto carinho recebi de Nossa  Senhora Rainha da Paz.

Deus Pai, Filho e Espírito Santo e Nossa Senhora Rainha da Paz, muito obrigado.   Participei, colaborei e às vezes penso até que posso ter ajudado, mas agora, como disse o poeta: “é na volta do barco é que se vê o quanto se deixou de cumprir”. Peço perdão aos meus irmãos e a Deus.

Também, como disse Paulo, dentro de minhas limitações que de Deus não consigo esconder, quero onde estiver combater o bom combate e guardar a fé.

Desejo que a Comunidade Rainha da Paz fique sempre dentro dos corações de nos fiéis.

Deus nos proteja e guarde nossa Igreja Católica Apostólica Romana, A Congregação Cavanis, e nos abençoe hoje e sempre amém!

Grupos de Orações:

– Grupo de Oração dos Homens – Terço todas as 5ª feira 19:30 horas.

– Legião de Maria – todas as 4ª feira na Igreja 19:30 horas

– Grupo de Oração Rosa Mística – itinerante nas casas dos fiéis da Comunidade.

– Grupo de Jovem Crescer em Cristo. – Reunião Aos Domingos 17:30 horas.

– Catequese

– Curso de Batismo.

– Famílias de Referência.

Horários da Comunidade Rainha da Paz

Segunda-feira: Adoração ao Santíssimo às 19h30min

Terça-feira: Missa às 19h30min

Quinta-feira: Terço dos Homens às 19h30min

Sábado: Catequese às 09h

Domingo: Missa às 09h e Crisma às 17h

Endereço Comunidade Rainha da Paz:

Rainha da Paz – Rua Egito, 203 – Bairro Laranjeiras

Deixe uma resposta